quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Tô saindo!

Foram trezentos e sessenta e cinco dias.
Oito mil, setecentos e sessenta horas.
Quinhentos e vinte e cinco mil e seiscentos segundos.
Milhares de milésimos.
Trocando em miúdos, UM ano!
Uuuuuufá!
Mas, depois de um período cheio de trabalho, dedicação, estudo, esforço e de desilusões (com a vida, com o trabalho, e porque não, com o mundo? - Tudo bem, desilusões não matam... ENSINAM A VIVER - graças a Deus!)... Enfim, FÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉRIAS!!!
Não preciso dizer mais nada!
No mais...



Ah! Mas podem deixar meus amigos, não vou me esquecer de vcs. Deixarei posts sempre que puder.

Ao som de Jack Johnson: Times Like These
"In times like these
In times like those
What will be will be
And so it goes
And it always goes on and on...
On and on it goes
And there has always been laughing, crying, birth, and
dying
Boys and girls with hearts that take and give and
break
And heal and grow and recreate and raise and nurture
But then hurt from time to times like these
And times like those
And what will be will be
And so it goes
And there will always be stop and go and fast and slow
Action,Reaction, sticks and stones and broken bones
Those for peace and those for war
And god bless these ones, not those ones
But these ones made times like these
And times like those
What will be will be
And so it goes
And it always goes on and on...
On and on it goes
But somehow I know it won't be the same
Somehow I know it will never be the same."

5 comentários:

Kari disse...

Não nos esqueça,
mas não deixe de curtir ao máximo!!!!!!!!!!!

Sei bem dessas desilusões...


beijão,
Kari

kali disse...

Gostei de seu blog. Eu vou... tarei! :)
Divirta-se. Bjs.

A bailarina, disse...

aaah :)
aprooooveita bastaaante.!
mais vooolta.!
Beijos, vo sentir tua falta.!
:*

Lilah disse...

boas ferias!

carpe diem!

beijo

Elisa Ribs disse...

Férias, que inveja de você! Há uns 3 ou 4 anos não sei o que é isso, ahauhua. Aproveite bastante! =o)
Ah, obrigada pelos recadinhos! Sempre digo isso, mas vou tentar escrever mais, hauahua. Beijos, moça!