sexta-feira, 6 de março de 2009

Livre!

Bom, o mistério acabaou.
Não da forma como eu gostaria, mas acabou bem.
Desde o ano passado estou à procura de outro emprego.
As coisas na Tribuna não iam bem. Principalmente porque descobri que o motivo pelo qual minha editora estava pegando no meu pé era somente, e nada mais que isso, por questões pessoais. Isso mesmo. Inveja, falsidade e mau caráter.
Os últimos cinco meses foram muito difíceis. Acordava triste por saber que teria de ir trabalhar. Ia da minha casa à empresa rezando. Pedindo a Deus que Ele me iluminasse, desse paciência, força, coragem, sabedoria e poder, para tentar, pelo menos por um dia, não fazer nada que pudesse ser motivo para ela me repreender, ou gritar para toda a redação que eu sou ruim de mote, que não quero trabalhar, que fico regulando as horas para ir embora, etc.
Bom, admito. No fim, já chegava pensando na hora de ir embora, pois só de pensar que teria que olhar na cara daquela bruxa, me arrepiava toda.
Enfim, depois de tanto tentar, ela conseguiu. Na última quarta-feira fui demitida. Coisa que eu já previa que aconteceria desde outubro, e que tinha certeza de que seria feito, após descobrir por meio de uma amiga que esse dia estava próximo.
Bom, eu cheguei a conversar com algumas pessoas, já tinha alguma coisa em vista, e é lógico que é melhor ter sido mandada embora, e receber todos oos meus direitos, do que sair sem ganhar nada. Mas, preferia já ter outro emprego quando isso acontecesse.
O que sinto agora?
Alívio, pois não preciso mais olhar na cara daquela mejera falsa e invejosa.
Tristeza, porque, acima de tudo, fiquei três anos lá. Um como estagiária e dois como produtora e repórter. Fiz planos lá. Fui contratada, promovida. Tive oportunidades, mas acabou.
Saudade, o que me dói mais. Deixei muitos e grandes amigos lá, especialmente na TV, onde aprendi a ser jornalista e onde tive mais oportunidades, onde minha opnião, pelo menos, era ouvida, mesmo que não fosse colocada em prática. Enfim, onde deixo meu coração.
Não que no impresso não tenha feito amigos. Claro que fiz. E também agradeço muito a todos eles, principalmente àqueles que me alertaram e me contaram tudo o que estava acontecendo.
Bem, o que espero para o futuro?
Sei que Deus é muito mais, e que tudo o que passei não foi por acaso. Com tudo o que vivi lá, aprendi a ser uma pessoa diferente, aprendi a dar valor às pequenas coisas da vida, aos amigos, à felicidade. Me arrependo de algumas coisas, mas não de ter saído da TV. Já disse que me arrependia uma vez, mas pensando melhor, não tenho que me arrepender do que fiz. Se fiz, é porque achei que seria melhor, e assim se fez. Talvez, faria diferente.
Sei também que algo muito bom está reservado para mim e que o caminho é longo. Mas agora estou bem mais forte para enfrentar os obstáculos que irei encontrar.
No mais, quero mesmo é aproveitar o momento para me divertir, curtir meu maridão e relaxar. Me sentir livre!


9 comentários:

Kari disse...

Não tem nada pior do que acordar e querer logo que as horas passem pra sair de onde está...
Mas ei moçinha, saiba que também gosto demais de tu e te desejo o melhor dessa vida.

"Quando Deus fecha uma porta, em outro lugar ele abre uma janela."

Então, é só esperar que a janela vai abrir, amiga, e vai dar tudo certo. E, enquanto não abre, aproveita sim a tua casa, tua família e tuas coisas...

Beijão!

Chris disse...

Mas tudo acontece na hora certa... Deus tem um tempo diferente do nosso... que até nos irrita... mas tem lá o seu propósito... Agora imagino que você já saiba detectar quando uma pessoa está sendo invejosa com vc não é?
Bjux linda... tudo de melhor!!!

**Daya** disse...

Não tem coisa pior do que perder a vontade de ir para o trabalho,quando isso começa acontecer não tem mais jeito,pode ser o emprego mais marvilhoso,as pessoas mais legais da empresa,mas quando algo aborece a gente e começa encomodar mesmo ,acaba todo o "tesão",mas pense pelo lado bom,como vc mesmo disse vc aprendeu muitas coisas,então leve isso com vc,como um grande aprendizado de 3 anos em que passou muitas coisas boas e ruins tb,mas tudo na vida é assim,tudo é fase e nada é pra sempre,então cabe a nós aproveitarmos o maximo de cada coisa que nos é dada,de cada momento em algo,e quando esse momento chegar ao fim,levantar a cabeça e dizer "Uma batalha chegou ao fim,mais á frente estão mais e mais por vir."
A vida é um constante movimento,onde tudo muda a todo tempo,o tempo corre e as coisas em nossas vidas são pra nos preparar para outras maiores que estão por vir,agradeça aos 3 anos que vc esteve lá e de todas coisas boas que aconteçeu pra vc nessa empresa.

Xana disse...

É isso aí menina, relaxe, curte bem o momento e depois vai á luta, vais ver que isso foi o fim ideal para uma nova conquista :)
beijinhos e boa sorte
feliz semana para o casal apaixonado, divirtam-se

manzas disse...

Boa sorte e tudo de bom!

Num momento desnudado de inspiração
Apuro sentidos desconhecidos nas janelas do mundo…
Abro longas cortinas entreabertas da imaginação
E sonho despertar, num sono em que não durmo

Um resto de um bom dia e semana
Continuando, com a boa inspiração…

O eterno abraço…

-MANZAS-

**Daya** disse...

Oi flor,magina,sempre que eu puder darei uma passadinha aqui concerteza...

Obrigada pela retribuição da visita e o gentil comentário,valeuu ,volte lá sempre que quiser.

Té mais...


Daya

Tainá Holanda disse...

Essa mesma situação aconteceu com um amigo muito especial. É foda! Mas melhor mesmo é levantar a cabeça e continuar! Sua atitude é a mais nobre. É não deixar-se abater. E agora um elogio: Esse texto ficou ótimo!

manzas disse...

Provei o fel sabor de uma outra vida
Nas ruas desnudadas, lotes incertos do sem andar…
Caminhei pelos desertos secos de alma perdida
Entrando pela porta em que ninguém quer entrar

Passando para dizer,
Que me apraz aqui estar…
Que nesta sexta-feira treze,
Aconteça o que acontecer
Um bom fim-de-semana irá ser
E que o amor e paz possa reinar!

O eterno abraço…

-MANZAS-

diretodoplantao disse...

esse foi o desabafo mais sincero que ouvi, ou melhor, li, nos últimos tempos.. e, como diz a música, (8) tenha fé em Deus, tenha fé na vida.. tente outra vez :)

bjos amiga, te adoro!