sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Sol e chuva

Todo final de ano é igual.
Festas, desejos de prosperidade, felicidade, saúde, sucesso...
É importante sempre procurar melhorar. Continuar se estiver dando certo, mudar se estiver insatisfeito, fazer valer a pena.
Todo final de ano é igual.
Reflexão, oração, expectativas para os próximos 12 meses.
Agora penso que uma coisa é bem importante.
Reler alguns escritos do passado trazem coisas boas, alimenta nossas reflexões.
Como as pessoas mudam e quanto continuam mudando.
Cada dia uma vida diferente, uma história diferente. Atores iguais, outros diferentes.
Nos ônibus há sempre as carinhas conhecidas, mas muitas outras que nunca vimos e talvez não veremos mais.
Isso deixa um sentimento de saudade, de finitude.
Ver o sol deixa a sensação de vida longa e quando a chuva cai, deixa o gostinho de alma lavada, corpo limpo, mente sã.
Quero muitos dias de sol, para aproveitar o mar com ele e grandes noites de chuva, para tomarmos aquele banho gostoso.



Aleatoriamente...
Livro:
A Senhora das Velas - Walcyr Carrasco. Págna 91.

"A verdade tomou forma. Fora enganado!
Oferecera o relógio. Mas não havia o suficiente para pagar a pensão e o conserto da moto. O rapaz deixara Felipe para a dona não desconfiar de que estava saindo sem pagar! Quando entrara, dissera que eram irmãos. O própio Felipe concordara, com medo de que pedissem seus documentos e descobrissem que estava viajando sozinho. Quem deixaria o irmão abandonado? A mulher não desconfiara do golpe."

11 comentários:

Kari disse...

É sim, todo final de ano é igual e isso ás vezes me cansa.
Não gosto de nada que fica repetindo, e repetindo, como um disco quebrado...
É, já deu pra perceber que não sou fã de fim de ano, né? É que sempre me bate uma saudade de quem foi, e uma angústia, não sei explicar, mas sempre me sinto mal essa época do ano.
Mas enfim, que os próximos 12meses sejam maravilhosos pra ti, em especial o 9mês! hehehehhee

Beijão e também estava com saudade daqui!

mari. disse...

Todo final de ano fazemos tudo o que você falou, mas a vida é assim mesmo. Fazemos reflexões do que passou e reavemos os pontos em que podemos melhorar no ano que estar por vir. É isso que fazemos e sempre será assim até o fim, pois o ser humano está sempre em busca da "perfeição".
Muito obrigada pelo comentario da vez passada. Não tive tempo de responder antes, mas agora estou aqui e voltarei mais vezez ;)
Um grande beijo e uma ótima sexta-feira ;***

Juliana disse...

eu sempre leio meus posts antigos e sempre me surpreendo...
=)
ótimo exercício!

Déborah Capel; disse...

Oi Katarine! Nossa, eu adoro fim de ano, início de ano...
Achei seu texto muito belo!
E realmente,seja com sol ou chuva o importante é curtir, das mais variadas formas, mas estando bem acompanhada e com um bom-humor, não há nada melhor.
Beijinhos e fique com Deus!;*

Luan Iglesias disse...

Chega dezembro e não hesitamos em alimentar nossa rotina da virada. Acho tudo isso muito sem sentido. As vezes queria acreditar nas nossas promessas de final de ano.

Beijos!

Lyazinha disse...

Ai, eu sempre acho que o ano seguinte vai ser pior que o que passou, não é pessimismo não, até me surpreendi de tanta coisa boa que aconteceu comigo esse ano!
Acho até melhor assim, cria um clima de to nem aí, mas quando as coisas melhoram a gente se surpreende!
Bjos.

O magnata disse...

Final de ano é foda a chuva vêm da aquela dêpre danada, ficamos lembrando de algo bom em algum lugar, mas esse final de ano vai ser diferente tou de ano novo...
A dêpre se foi e chegou o romântismo.


BJS!!!

mari. disse...

Imagina querida, tudo bem =]
Sempre que deh também estarei por aqui viu?! ;)
Beijos e uma ótima semana ;**

Lilah disse...

sem exagero...

ameiii!
não so esse texto,
todos!
e como Carlos Drummond diz:
(...)e tudo começa outra vez,
com outros numero e outra vonatde de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente.

beijooo
te linkeii
xD

Uma Sobrevivente disse...

Oi Katarine...

Deixei um desafio pra você no meu blog...

Ahhhhh, retornei ao meu endereço antigo, tá!!!

Bjs

Janaína

O magnata disse...

Pô sou romântico agora que tou apaixonado então tou vendo o mundo de outra forma deve ser o amor...

kkkk

Herberth Reis