quinta-feira, 30 de outubro de 2008

A hora do sim!

O dia começou exatamente como pensava: acordei tarde o suficiente para estar bem descansada, e cedo a ponto de começar meu dia de noiva.
Apesar das pessoas tentarem não me incomodar com os imprevistos - afinal, eu tinha que relaxar! - não adiantava, eu sempre acabava descobrindo uma ou outra coisa. Mas nada que me abalasse, afinal, era o dia do meu CASAMENTO!
Pequenos aborrecimentos à parte, não parava de chegar presentes! Cada hora uma surpresa nova. Foram tantos... Adoramos cada um deles.
Quanto mais a hora passava, mais aumentava o frio na barriga. Beto e eu nos vimos apenas na hora do almoço. Encontro seguido de um "Ahhhhhhh não!!! O noivo não pode ver a noiva antes do casamento" da minha avó. Minha tia Fátima concordou: "Assim não pode Betinho!!".

Claro que não temos essas superstições. Adorei vê-lo, tão nervoso e ansioso quanto eu. Ele preocupado com a cerveja, se ia estar gelada na hora da festa. Eu, imaginado como a decoração ia ficar, se as pessoas iam gostar do bolo (que a minha mãe querida fez), se estaria tudo em ordem, e é claro, no visual que Márcio tinha preparado para mim.
Confesso que não fui daquelas noivas paranóicas. O Francisco, decorador da festa, disse que queria que metade das noivas dele fosse como eu. Não liguei uma vez se quer para saber como estavam os preparativos. Já com Márcio, não fiz prova de maquiagem. Não tive tempo. E tive muita confiança nele. Sabia que não me decepcionaria.
Às 17 horas fiz aquela massagem para relaxar. Quando cheguei no salão, o fotógrafo já estava lá, pronto para a sessão making off. Me senti uma estrela, cobiçada por paparazzis.
Já na massagem, quase dormi, mas não cheguei a tanto. Estava ansiosa para sentar na cadeira e ver o que Márcio preparara.
Não poderia ter ficado melhor! O cabelo deu trabalho, mas ficou lindo. A maquiagem, nem se fala. Tudo muito simples e bonito. Do jeito que eu queria.
Até aí, meu coração estava tranqüilo. Fotos e mais fotos, depois de pronta, mais fotos e... MEU DEUS!!!! JÁ SÃO 20H25!!!! Já era para eu estar à caminho da igreja! A cerimônia estava marcada para às 20h30. Não queria me atrasar. Ainda bem que o salão era perto.
Bom, nessa hora meu coração disparou. "Vamos tio, não quero chegar atrasada!".
Foi meu padrinho quem me levou. Fez questão. Mesmo sentindo fortes dores na coluna, provocadas por duas hérnias safadinhas que resolveram atacar justo nos últimos meses.
Quando cheguei em frente à igreja, meu coração parecia que ia sair pela boca. Mas havia um casamento antes, e então, meus convidados nem estavam lá dentro ainda. Ufá, menos mal. Não vai ser por mim que eles vão ter que esperar... esperar.... Espera aí! Gente, aquele é o Beto!!! Que lindo ele ficou. Bem que eu disse que a casaca prata ia ficar bem mais bonita! "Tio, vamos para outro lugar, não quero que as pessoas fiquem me vendo aqui".
Quando foi dado o sinal, voltamos para frente da igreja. Mas que coisa, por que raio de motivos os padrinhos não entram?? O que está acontecendo?? Meu coração disparado desde que saí do salão.
"Ai! A música! Que linda! O sax! Do jeito que pensei!!!". Beto entrou, os padrinhos também. Era minha vez! O carro parou na frente da igreja. Saí e logo vi que estava lotada. Todos os amigos ali.
Me ajudaram a arrumar a calda. Meu pai me abraçou, com aquele olhar que só ele tem. Lá na frente, estava ele, meu bebê. Meu lindo! Meu namorado, meu noivo! Meu Beto! Achei que fosse chorar, mas não. Só sabia sorrir.
Fui entrando feliz, ao som de Ave Maria de Schubert. Acenava com a cabeça para todo mundo. A felicidade não cabia em mim, e parecia que ia sair voando. Ainda bem que papai estava me segurando no chão. Fiquei tão abobada que esqueci que ele me beijaria antes de me entregar ao Beto. Quase batemos cabeça, rsrs.
A cerimônia foi linda. Padre Jorge, inspiradíssimo. Disse palavras lindas. Beto e eu Estávamos em harmonia. Olhávamos um para o outro com tanto amor e felicidade, que tudo foi muito romântico e maravilhoso.

As avós entraram com a bíblia e um terço. Minha vó materna, a que não gostou que Beto e eu nos encontramos no almoço, lei Coríntios 13. Lindo, lindo! Meu pai, o evangelho.
As alianças... Momento mágico. Falamos tudo o que tínhamos que falar, com toda a segurança. Não gaguejamos. Em nenhum momento. Nem o Beto, que é todo envergonhado. rsrsrs...
E no final, uma surpresa. Não é que minha irmã - tímida como é - subiu ao altar para falar!? E mais, chamou Claudinho (o marido) e minha querida amiga Sheila (grávida de 6 meses da Clarinha) para cantarem para nós!
Fiquei doida! Achei que finalmente iria acabar chorando. Mas não. A música era conhecida - Amor verdadeiro, Catedral. Comecei a cantar, junto com eles. Beto ficou doido! A todo momento falava: Te amo! Te amo! Me beijava. Foi LINDO! Romântico, tudo o que sonhei.

Depois os cumprimentos. Todos os amigos, primos, padrinhos. Maravilhosos também. Saímos da igreja, agora, marido e mulher, perante Deus e os homens. A música, linda.
Lá fora, outra surpresa! Fogos!! Meu tio Juvenal, querido, que tinha preparado.

Foi lindo. Maravilhoso.











Letra da música: Amor Verdadeiro - Catedral


No próximo post: A festa.... Com fotos!! Aguardem!

9 comentários:

Ju disse...

meninaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
quase choro aqui... adoooooooooro essas coisas de casamento [vc sabe] não vejo a hora de chegar o meu dia
o mais importante é q tudo foi perfeito, melhor do q vc esperava pelo jeito...
lindo, lindo, lindo
toda a felicidade do mundo pra vcs
=)

Alice disse...

LINDA DE VIVER !!!

Milhões de Felicidades pra vc !! casar ainda é a melhor coisa que fazemos na vida ... contrua teus sonhos, persiga tuas metas, ame demais, crie teus filhos, mas nunca se esqueça .... SEJA SEMPRE MUITO FELIZ !!!

mil beijocas para os dois !

Fernanda Alves disse...

É sempre lindo lermos textos escritos com sentimento=)

adorei!

visite meus versos perdidos:

http://versosperdidosdefernanda.blogspot.com/

Uma Vencedora disse...

Oie, Katarine.

Parabéns pelo matrimônio, e desejo-lhes muita felicidade e que o amor já sempre o grande elo da sua união com o Beto.

Lembre que o amor é igual uma planta, precisa ser regada todos os dias para que sobreviva!!!

Bjs

Janaína

Kari disse...

Bom, não consegui e acabei chorando um pouquinho por aqui... Que lindo moçinha!!!! Que momento mágico e, como tu escreveu, deu pra sentir a ansiedade e a felicidade...

Quanto a música... Já a conheço. Nos acampamentos lá da igreja, a gente sempre cantava nas serenatas para os meninos...

Beijão pra tu e muitas felicidades

Teresa disse...

ainnnnnnnn que coisa lindaaaaaaaaaaa!

desejo muitas, muitas, muitas felicidades para os dois.

que a vida e os filhos de vocês sejão tão lindos quanto o seu vestido (que eu ameiii)... chiquérrimooo

bjossssss

CapixaBla disse...

Boa Tarde Pessoal Do "Aquarela"!
Capixabas certo? Não pode ficar de fora da nova novidade do momento!
O "CAPIXABLA! A casa dos Blogs Capixabas" !

É uma produção do Denker, com parceria com o Copia, Meu Filho!
Todos os blogs capixabas,grandes e pequenos (sem exceção), estão convidados a participar!

Entre no portal, conheça o projeto, e ajude a colocar o ESPIRITO SANTO, em destaque no cenario nacional!

Não fique de fora! Entre e se inscreva hoje mesmo!
http://www.capixabla.denker.com.br

O ESPIRITO SANTO CONTA COM VOCÊ !

Kari disse...

Ei moça, não deixa a vida de casada de afastar daqui, poxa!!!!

Beijos

.anny giacomin. disse...

Foi realmente lindo!!